História De Contagem

História De Contagem

Para saber as horas, por exemplo, recorremos aos celulares, tablets, computadores e, claro, aos inúmeros formatos e modelos de relógios que funcionam à base de microchips, baterias e cristais. Na antiguidade, o homem media o tempo sem muitos artefatos, apenas de acordo com a própria sombra. Os tempos históricos marcam diferentes formas de organização política, econômica, social e cultural das civilizações e podem variar entre grupos sociais. O tempo histórico revela e esclarece o processo pelo qual passou ou passa a realidade em estudo. Nos anos 60, por exemplo, em quase todo o Ocidente, a juventude viveu um período agitado, com mudanças, movimentos políticos e contestação aos governos.

Compreender que Natal é no final do ano, que o feriado de 7 de setembro é uma data cívica, são marcações necessárias para a compreensão da passagem do tempo e sua significação para a sociedade. Essa organização auxilia na percepção dos ritmos temporais, pois aos poucos o estudante vai condicionando que a segunda e quarta–feiras são dias de educação física, terça é dia de ir à biblioteca, etc. Mas esse mesmo acontecimento pode ser relacionado a uma estrutura histórica maior, a uma outra duração. Nessa perspectiva, o descobrimento do Brasil deve ser entendido dentro do período das grandes navegações, englobando os aspectos sociais, políticos, econômicos e tecnológicos que permitiram a ampliação do mundo conhecido naquele período.

Para medir a noite, os egípcios usam o “merkhet”, ou fio de prumo, medindo a alinhação das estrelas ao meridiano, definidos de dez em dez dias, conhecidos como “decanatos”. Todo esse conhecimento foi transcrito no “tampo de ataúdes de madeira datados na nona dinastia (c. 2150 a.C.).” (WHITROW, 1993, p. 43.), designados “relógios estelares diagonais”, os calendários com 36 decanatos acrescidos cinco dias no final, todas essas divisões chegaram a 24 horas. No entanto, se divergiam com os babilônicos na contagem dos segundos, que por sua vez tinham outra visão de mundo.

Os primeiros relógios com ponteiro surgiram por volta do ano 1500. Na época eram tidos como sinal de status, pois eram raros e caros; eram verdadeiras preciosidades. No final do século XIX, a empresa Patek Philippe inventou o relógio de pulso, embora essa invenção por tempos foi atribuída a Santos Dumont. Além dos sumérios, os Egípcios também tinham um calendário que utilizava os ciclos das fases da Lua, mas que passou a utilizar o movimento da estrela Sirius, que passa próxima ao Sol a cada 365 dias, na mesma época em que a inundação anual do Nilo tem início. Isto foi muito importante para o crescimento da civilização Egípcia. Heródoto afirmou que “O Egito é um presente do Nilo.”, já que a região seria apenas deserto se não houvesse este rio.

Qual é a importância da contagem do tempo para a história?

Divisão Da História Do Brasil

Sendo assim, o objetivo geral é Empreender um estudo sobre o ritmo que determina nossa forma de existir e pensar, refletindo nosso lugar no tempo, investigando as teorias temporais entrelaçadas entre o passado, presente e o futuro. Portanto, com o surgimento das fábricas, e a partir da necessidade de controlar o tempo da produção de mercadorias, o controle social do tempo passou a ser efetivado para regular o trabalho dos operários nas fábricas. O que possibilitou ao homem (ou à humanidade como um todo) produzir cultura e escrever narrativas (mitológicas, poéticas, etc.) e, em especial, a narrativa histórica? Para que essa questão seja minimamente respondida, é necessário que saibamos o que vem a ser o tempo histórico, haja vista que qualquer pessoa que estude ou tenha interesse em história e em cultura precisa ter uma noção básica desse conceito. Por meio dessa interessante fala, o professor pode demonstrar aos alunos que, durante a Idade Média e boa parte da Idade Moderna, os homens costumavam regrar o seu tempo por meio de outros referenciais.

O Que É O Tempo Histórico?

Você deve anexar mais espaços para que todos os representantes dos trios participem. Se você dispor de pincéis coloridos, os alunos podem fazer uso deles para que o mapa se torne mais atrativo. É imprescindível garantir o protagonismo do aluno para que por meio do próprio raciocínio ele perceba que as sociedades fazem a contagem do tempo de maneiras diferentes. Por isso, deixe que todos leiam a notícia e que discutam entre si.

Sobre Este Plano

Visão de tempo definida na concepção judaica, “com a esperança de redenção de sucessivos opressores” (WHITROW, 1993, p. 72.). Assim, Jesus passou a definir um novo tempo, de esperanças, pois através do “sacrifício de si mesmo” o pecado seria abolido, acabando com o fim do tempo confuso e em “pecado”, por assim dizer. Análises feitas por Edwin Hubble em 1929 observou “que todas cronômetro as galáxias distantes se afastavam umas das outras”. (CHERMAN, 2008, p10.), ou seja, o conhecimento do tempo / espaço, cada dia que passava tem modificado, surgindo novas ideias. A própria ideia de George Gamow, na teoria do “Big Bang”, como designa o surgimento do “espaço tempo”, sendo impossível de ser medido, mas pensando contra os religiosos, e não o atrelando ao universo.

A partir dessas reflexões, o historiador Fernand Braudel criou a concepção de que haveria diferentes ritmos de tempo. Seriam eles a curta duração , a média duração , e a longa duração . O que Braudel quis explicar é que certos acontecimentos só ocorrem de determinada forma porque estão localizados em um período com características específicas. O tempo da sociedade foi regularizado com a divisão dos dias em 24 partes iguais. A nova concepção de tempo foi confirmada e efetivada primeiramente nas cidades.

Se o celular não puder responder a uma pergunta, ela vai para o servidor NUVEM. O nosso cérebro vai se conectar com a NUVEM e a NUVEM é a tecnologia da informação pura. Está dobrando de potencia a cada ano, de modo que irá multiplicar a inteligência humana. Acontece que os rumos dos passos largos que caminhamos, sofreram intensos inventivos.